Linguagem corporal de Aécio Neves no Globo.

Linguagem corporal de Dilma Roussef no Globo.
23/09/2014
Linguagem corporal dos candidatos no último debate
04/10/2014
Show all

‘Aécio não acha que vai para o segundo turno’, diz especialista em expressão corporal

Análise da linguagem corporal de Aécio Neves no jornal  O Globo.

Escorregada na cadeira ao falar de resultado nas pesquisas mostra desânimo do candidato do PSDB à Presidência

POR MICHELE MIRANDA


Aécio: escorregada na cadeira demonstra desânimo – Ivo Gonzalez / Agência O Globo

RIO – O discurso otimista e animado de Aécio Neves, candidato do PSDB à Presidência, de que está pronto e acredita que vá para o segundo turno é muito diferente do que seu corpo demonstra. Durante a sabatina promovida pelo GLOBO, nesta terça-feira, Aécio mostrou desânimo nos gestos corporais quando questionado sobre o segundo turno, de acordo com o especialista Paulo Sérgio Camargo, autor dos livros “Linguagem Corporal” (2010) e “Não minta para mim! Psicologia da Mentira e Linguagem corporal” (2012, ambos da Editora Summus).

 

— Embora o discurso seja sincero, com um sentimento verdadeiro, de que terá um resultado bem sucedido nas eleições, Aécio não acha que vai para o segundo turno — comenta Camargo. — Ao ser questionado sobre isso na sabatina, ele escorregou diversas vezes na cadeira, o que demonstra um desânimo inconsciente. Mas ele é um candidato que não mente, que faz uma proposta e acredita que possa cumpri-la. Quando a pessoa mente, ela costuma “engolir em seco”, e ele é bem enfático nas respostas, aliando o gestual das mãos com as palavras.

Quando perguntado sobre o mensalão tucano, em que foram citados os mineiros e correligionários de Aécio, Pimenta da Veiga (candidato ao governo de Minas) e Eduardo Azeredo (ex-governador e ex-deputado federal de Minas), o presidenciável reagiu de forma convincente.

— Ele disse que não ia transformar os culpados em heróis, como aconteceu com o PT, e ele estava falando a verdade, porque neste momento ele inclinou o corpo para frente e para baixo, como quem diz “sim”, demonstrando convicção e certeza no que diz — analisa Camargo, avaliando a participação do candidato. — Dou nota 8 para as mensagens que ele conseguiu transmitir com o corpo, e por ter tido confiança para olhar nos olhos de cada entrevistador ao responder. Mas ele estava tenso, isso se nota pela contração das rugas verticais, que aparecem em cima do nariz, entre as sobrancelhas, e das horizontais na testa. Além disso, ele sorriu menos do que o de costume, demonstrando nervosismo. Os assuntos sobre os quais ele ficou mais à vontade foram os relacionados ao seu governo em Minas.

A disputa com Marina Silva (PSB) e Dilma Rousseff (PT) é motivo de desconforto para o candidato do PSDB. Mas, segundo a análise de Camargo, ele mantém respeito pelas duas presidenciáveis e não tem sentimentos negativos por elas.

— Toda vez que ele fala de Dilma, ele faz acusações ao governo dela e ao PT, mas nunca sobre a pessoa. Não o vi demonstrar nenhum desafeto ou raiva por ela. Em um único momento, ele fez uma expressão de desprezo e nojo, formando um V ao contrário com a boca, ao falar das decisões tomadas pelo atual governo em relação à economia, educação e segurança — comenta. — Quando fala de Marina, ele sempre demonstra respeito, mas é enfático nas opiniões, por meio de gestos com as mãos.

Menos sorrisos do que o de costume, mostrando desconforto – Ivo Gonzalez / Agência O Globo

Read more: http://oglobo.globo.com/brasil/aecio-nao-acha-que-vai-para-segundo-turno-diz-especialista-em-expressao-corporal-13891077#ixzz3ESCgfF3r

 

Paulo Sergio de Camargo
Grafologia – Linguagem Corporal

Cursos – Palestras

www.paulosergiocamargo.com.br

http://grafonautas.blogspot.com/

http://twitter.com/Grafonauta

 

Deixe uma resposta